Período Fértil e Ovulação

Você conhece seu ciclo menstrual? Veja como saber o dia da sua ovulação e seu período fértil Agora.

  • Período fértil e ovulação estão de mãos dadas, você precisa saber :
  • O que é exatamente a ovulação? 
  • Saiba por que é tão importante saber os detalhes se você quer engravidar! 
  • Quais são os sintomas mais importantes da ovulação? 
  • Os sinais da ovulação?
  • Isso determinará seus dias mais férteis!
  • Aprenda Agora neste Guia Absolutamente Completo sobre Ovulação.

Quando você sabe quais os sintomas procurar para identificar os sinais da ovulação, fica mais fácil obter exatamente os dias férteis.

Para as pessoas que estão com dificuldade para engravidar, saber seus dias mais fértil e quando fazer sexo para aumentar as chances de ter um bebê é um ponto crucial nesse momento.

O corpo de uma mulher passa por mudanças nas diferentes fases do seu ciclo. Saber como isso muda quando a ovulação se aproxima pode ser muito útil.

Noções básicas sobre ovulação e fertilidade: fatos para ajudar você a engravidar.


90% das mulheres não sabem qual seu período fértil  para
engravidar .  Esse número inclui você?
 

Aumentar naturalmente a fertilidade , é essencial para engravidar mais rápido.

O que exatamente acontece em seu corpo durante a ovulação? Continue a leitura e veja como você saberá o dia exato da sua ovulação 🙂

O que é ovulação ?

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.

A ovulação é uma das fases do ciclo menstrual, é o processo em que as alterações hormonais estimulam um ovário a liberar um óvulo.

Você poderá engravidar somente se um espermatozoide encontrar e fertilizar um óvulo.

Cada mulher nasce com milhões de óvulos imaturos que esperam ser libertados, normalmente um de cada vez, todos os meses.

 Durante a ovulação, o óvulo percorre a trompa de Falópio, onde pode se encontrar com um espermatozoide e se tornar fertilizado. Para a maioria das mulheres saudáveis, a ovulação geralmente ocorre uma vez por mês, algumas semanas após o início da menstruação.

Sim, o período mais fértil de uma mulher é na época da ovulação. Veja mais detalhes a seguir.

Para algumas mulheres, a ovulação nem sempre ocorre 🙁

  • – pode ser, por ter um ciclo muito irregular.
  • – pode estar grávida.
  •  – pode estar na menopausa.
  • – pode estar tomando anticoncepcionais de forma consistente e pontual, nestes casos você não vai ovular.
  • Veremos no módulo Distúrbios da Ovulação mais detalhes sobre doenças que podem atrapalhar o processo da ovulação.

Certos medicamentos incluindo alguns antidepressivos, medicamentos anti-náusea e quimioterapia podem fazer com que a mulher pare de ovular por esses períodos de uso.

 Isso pode fazer com que a mulher pare de ovular por esses períodos de tempo.

Outros fatores relacionados ao estilo de vida – estresse.

Além disso estar significativamente abaixo do peso ou com sobrepeso, também podem afetar a menstruação e a ovulação.

Entenda seu ciclo mensal.

Nesse momento é muito importante a compreensão do ciclo menstrual.
 Mapeamento Menstrual e Período Fértil.

Mapeamento Menstrual e Período Fértil.

Quando você conhece seu ciclo menstrual, suas chances de engravidar aumenta consideravelmente!

Todos os meses, o seu sistema reprodutor repete um padrão comum de eventos controlados por hormônios. São chamados de fases do ciclo menstrual.

Existem 04 fases do seu ciclo menstrual:

  • Menstrual
  • Folicular
  • Ovulação
  • Lútea.

A fase menstrual (Menstruação)

O primeiro dia da menstruação é o início oficial do ciclo menstrual. É quando a sua frase menstrual, que também é conhecida como período menstrual, começa. O ciclo termina na próxima menstruação, quando se inicia um novo período menstrual.

“De onde vem esse sangue?”. O sangue da menstruação vem da camada interna do seu útero. Ele passa do útero para o colo do útero, vagina e sai através da abertura da vagina.

A menstruação costuma durar de três a cinco dias, mas isso varia de mulher para mulher. Pode parecer mais, mas a quantidade média de sangue do fluxo menstrual durante todo o período da menstruação é de cerca de um quarto de uma xícara!

A fase folicular

É nessa fase que o seu corpo se prepara para engravidar. Um hormônio chamado estrogênio faz a camada interna do útero engrossar e se desenvolver para receber um óvulo fecundado. Ao mesmo tempo, outro hormônio, conhecido como hormônio folículo-estimulante (FSH), estimula o crescimento dos folículos dos ovários. Cada folículo contém um óvulo. Geralmente, todo mês um óvulo fica pronto para ser fertilizado.

A fase ovulatória

Esse aumento dos níveis de estrogênio estimula um terceiro hormônio – o hormônio luteinizante, ou LH. O LH é o que faz o folículo se romper para liberar um óvulo. Se o seu ciclo menstrual é de 28 dias, a ovulação normalmente acontece no 14º dia. No entanto, a maioria das mulheres tem diferentes durações de ciclo menstrual. Na maioria das vezes, a ovulação ocorre entre 11 e 16 dias antes da menstruação.

A ovulação acontece quando um dos ovários libera um óvulo maduro. O óvulo sai do ovário em direção à trompa de Falópio mais próxima e vai para o útero. Enquanto o óvulo desce pela trompa de Falópio com o passar do tempo, a camada interna do útero engrossa cada vez mais.

Demora cerca de três a quatro dias para o óvulo chegar ao útero. No útero, o óvulo espera cerca de 24 horas para ser fertilizado antes de começar a se desfazer.

A fase lútea

Após a ovulação, a fase lútea começa. O folículo vazio se transforma em um corpo lúteo. As células do corpo lúteo produzem estrogênio e grandes quantidades de progesterona. A progesterona estimula a camada interna do útero para se preparar para o óvulo fecundado.

Aqui estão as duas coisas que podem acontecer. Se você engravidar, o óvulo irá para o útero e se prenderá à camada interna. Se você não engravidar, a camada interna do útero será expelida pela abertura da vagina. Sua menstruação começará, assim como um novo ciclo menstrual.

A ovulação é a fase mais curta durando apenas de 01 a 02 dias de um ciclo que pode durar de 21 a 35 dias. A primeira fase começa com o primeiro dia de sangramento durante o período menstrual.

Veja o que é período e o que é ciclo menstrual.

Se seus ciclos menstruais tiverem comprimentos diferentes (a maioria dos ciclos das mulheres o são) você pode calcular a duração média do ciclo.
O número de dias no ciclo menstrual de uma mulher pode variar mês a mês. Os períodos nem sempre são regulares. Pode ser útil elaborar uma duração “média”
do seu ciclo com base na duração de três ciclos menstruais para estimar quando é mais provável que você esteja ovulando.
Se você adicionar o número de dias em três ciclos e dividir o número total por três, ele fornecerá a duração média do ciclo.

Você pode acompanhar seus ciclos menstruais em um gráfico em um diário ou por aplicativo de acompanhamento de período gratuito em seu Smartphone.
Para calcular a duração do seu ciclo menstrual, registre o primeiro dia em que você começa a sangrar (primeiro dia do período menstrual). Este é o dia 1. O último dia do seu ciclo é o dia antes do seu próximo período começar.

Veja como calcular e saber exatamente seu período fértil.

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.

Exemplo:
Camila acompanhou seus últimos três ciclos menstruais contando o tempo desde o primeiro dia de um período até o dia anterior ao próximo período.
O ciclo 1 foi de 28 dias; O ciclo 2 foi de 32 dias; O ciclo 3 foi de 27 dias.
28 + 32 + 27 = 87
87 dividido por 3 = 29

A duração média dos ciclos menstruais de Camila é de 29 dias.
Quando você sabe a duração média do seu ciclo menstrual, você pode se programar quando ovula.

A ovulação acontece cerca de 14 dias antes do seu período começar.
Se o seu ciclo menstrual médio é de 28 dias, você ovula por volta do 14º dia e seu período mais férteis são os dias 12, 13 e 14.

Se o seu ciclo menstrual médio é de 35 dias, a ovulação acontece por volta do dia
21 e os seu período mais férteis são os dias 19, 20 e 21.

Se você tem ciclos mais curtos, digamos 21 dias, a ovulação acontece por volta do
dia 7 e seu período mais férteis são os dias 5, 6 e 7.

Seus dias mais férteis são os três dias que antecedem o dia da ovulação .
Algumas mulheres têm ciclos muito irregulares ou acham difícil calcular a duração
média de um ciclo. Isso pode dificultar o trabalho quando a ovulação acontece. Se
tudo for muito difícil, fazer sexo a cada 2 ou 3 dias cobre todas as bases e melhora
sua chance de engravidar. (atenção: os homens tem um tempo para a produção de espermatozoides, o sexo diário pode atrapalhar)

Como prever a ovulação e seu período fértil?

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.

Existem várias maneiras de prever quando você pode começar a ovular. Veja esses
indicadores e como se preparar para a ovulação.

1- Mapeamento Menstrual:

Como vimos acima mantenha um calendário do seu ciclo menstrual por alguns meses para ter uma ideia do que é normal para você. Se os períodos forem irregulares, você precisará estar em alerta para outros sintomas de ovulação.

Acompanhe sua temperatura:

Sua temperatura corporal basal (TCB) muda ao longo de seu ciclo, quando ocorrem flutuações nos níveis hormonais.

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.
Como saber seu período fértil? Aprenda agora.

Durante a primeira metade do seu ciclo antes da ovulação, o estrogênio domina.

No segundo semestre após a ovulação, há um aumento na progesterona, que aumenta a temperatura do seu corpo à medida que o útero fica pronto para um óvulo fertilizado e implantável.

Isso significa que sua temperatura será menor na primeira metade do mês do que no
segundo semestre. Confuso? ok, vamos explicar melhor.

No início do seu ciclo, a temperatura corporal basal permanece bastante consistente e a média é entre 97,2 e 97,6 graus Fahrenheit. A medida em que se aproxima da ovulação ocorre uma leve queda na temperatura corporal basal, seguida por um aumento acentuado, tipicamente de cerca de 0,4 a 1,0 graus, logo após a ovulação. 

Uma das maneiras de determinar quando e se a ovulação aconteceu é acompanhar sua temperatura corporal basal durante uma série de meses. 

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.

Acompanhe sua temperatura com um termômetro basal digital assim que você acordar, antes de sair da cama, anote a leitura todas as manhãs. 
Esse termômetro você pode obter via internet ou em farmácia.

Tenha em mente, no dia a dia seu TCB pode flutuar em meio grau ou mais, então não se deixe enganar por um pequeno sinal busque um aumento sustentado para confirmar que você ovulou. 

Anote diariamente e após alguns meses de informação você terá uma boa noção ou até mesmo o dia exato de quando você costuma ovular.

Em seguida, veja os sinais a serem observados com atenção.

QUAIS OS SINTOMAS E OS SINAIS DA OVULAÇÃO?

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.
Fique atenta aos sinais!

Seus sintomas de ovulação são únicos se não conseguir sentir intuitivamente quando está ovulando, aprender os sinais e sintomas específicos de ovulação ajudará a engravidar mais rapidamente. Se você souber o que procurar, ficará bem mais fácil identificar seu período fértil.

Durante esse período, é possível que você experimente uma variedade de sintomas de ovulação. Cada mulher sente esses sintomas em um grau diferente de intensidade.

Estes são os sintomas mais comuns da ovulação:

  • Alterações do muco cervical
  • Olfato intensificado
  • Náusea e dores de cabeça
  • Mudanças de libido
  • Posição Cervical
  • Manchas ou secreções leves
  • Dor de Ovulação / Mittelschmerz
  • Seus seios são mais sensíveis
  • Dor pélvica ou abdominal

1- Seu muco cervical:

À medida que você se aproxima da ovulação, seu corpo produz mais estrogênio,
fazendo com que o muco cervical se torne elástico e claro, como clara de ovo, isso
ajudará o espermatozoide nadar até o óvulo liberado durante a ovulação.

Um aspecto muito importante dos gráficos de fertilidade consiste em registrar as mudanças do seu muco durante o seu ciclo mensal.

Vai demorar pelo menos um ciclo para entender completamente como o muco cervical muda.

Mudanças no muco cervical acontecem na maioria das mulheres, mas você precisa saber o
que está procurando, seu corpo vai liberar como um corrimento vaginal . A quantidade de muco cervical e o que parece muda de mulher para mulher.

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.

Para testar a ovulação, certifique-se de que suas mãos estão limpas, insira seu dedo indicador dentro de sua vagina remova um pouco do muco e depois estique a secreção entre o polegar e o dedo. Se é pegajoso e elástico ou muito molhado escorregadio, isso é um bom sinal de que você está em uma fase fértil.

Quando não estiver fértil, o seu muco cervical será seco, pegajoso ou branco cremoso.

Algumas mulheres não detectam muco fértil porque não produzem muito.

Muitas drogas de fertilidade como o Clomid podem causar insuficiência de muco cervical, bem como baixo nível de estrogênio, baixo peso corporal, tabagismo e desequilíbrio do pH vaginal causado por infecções crônicas ou Candidíase .

Bônus
Como aumentar a produção de muco cervical


 A maioria das mulheres se esquece de apoiar a produção saudável de muco cervical e se concentrar apenas na ovulação.
Suplementar com produtos naturais pode definitivamente ajudar a aumentar o seu muco fértil mais rápido.

1. Beba muita água purificada
Beba 6 a 8 copos de água por dia. 
Certifique-se de beber água filtrada, purificada.
Não beba água direto da torneira porque contém muitos produtos químicos que podem perturbar o seu equilíbrio hormonal e causar toxicidade.
Evite absolutamente a água clorada e fluorada, pois pode perturbar a função da tireoide.

2. Coma alimentos alcalinos
Coma amêndoas, maçãs, pepino, couve de Bruxelas, beterraba, limão, aspargo, brócolis, aipo, cenoura, couve, cebola, batata, arroz integral, melão, uva, damasco, limão, pera, ameixa, batata doce, alcachofra, pêssegos, papaias, mangas, kiwi, pimentos de repolho, rabanetes, algas marinhas, couve-flor, espinafre, banana, nabos.

3. Diminua alimentos ácidos em sua dieta
Evite muita carne, peixe, feijão, trigo, arroz branco, leite, milho, tomate, laranja, aveia, ovos, cogumelos, etc. 

Você quer saber tudo passo a passo qual a melhor maneira de aumentar consideravelmente sua fertilidade naturalmente.
Clique Aqui!

Olfato intensificado

Se você notar uma mudança no sentido do olfato antes do período menstrual, é um sinal de que você está ovulando.  Nesta fase fértil, seu corpo está preparado para ser mais atraído pelo feromônio masculino androsterona.

 Náusea e dores de cabeça.

Embora nem todas as mulheres tenham esses sintomas, ocasionalmente você pode ter dores de cabeça ou náuseas durante a ovulação. Estas são devido às mudanças rápidas e agudas nos seus hormônios sexuais. Para mulheres com bom equilíbrio hormonal, esses sintomas desagradáveis ​​não são tão prováveis.

Mudanças de libido

Não deveria surpreender ninguém que um dos sinais de uma mulher que está ovulando seja um aumento do desejo sexual. Este é um impulso biológico que provavelmente está no lugar para garantir a reprodução. Os altos níveis de estrogênio e testosterona dizem ao seu corpo que você é fértil e você pode ter quase um instinto primitivo para procriar! tornando esse momento ainda mais divertido!

O corpo está dizendo ao seu cérebro que é hora de fazer um bebê, algumas mulheres experimentam um aumento no desejo sexual.

Posição Cervical

Quando seu corpo está ovulando, você pode sentir algumas mudanças físicas também.
Você pode verificar seu colo do útero, juntamente com o seu muco.

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.
Como saber seu período fértil? Aprenda agora.

Quem vai sinalizar outra pista dos sintomas da ovulação, é, seu colo do útero, verificar sua posição pode exigir um pouco de prática, mas não é difícil.
Com o dedo, você pode sentir a alteração do colo do útero antes e durante a ovulação, verifique na mesma hora todos os dias. Veja as instruções abaixo.

Se você quiser se sentir mais confortável em verificar se há alterações cervicais como sinal de ovulação, você pode ficar de pé, por exemplo, ao lado do vaso sanitário com um pé no assento fechado e usando seu dedo para sentir por dentro. normalmente, o colo do útero é mais baixo no canal vaginal, mais fechado e duro como a ponta do nariz, durante a ovulação, no entanto, o colo do útero amadurece e se torna mais alto, mais macio e mais aberto.

Manchas ou secreções leves

A descarga ou manchas durante a ovulação é normal, se não é comum. Esse sintoma de ovulação pode ocorrer quando o folículo que envolve e protege o óvulo em desenvolvimento amadurece, cresce e se rompe, resultando em uma pequena quantidade de sangramento. À medida que o sangue envelhece, fica marrom, e é por isso que o corrimento vaginal pode variar de vermelho a marrom escuro. Não é motivo de preocupação, a menos que a mancha persista.

Nesse caso consulte um médico para verificar se há sinais de infecção e a possibilidade de uma gravidez ectópica se tiver sido sexualmente ativo.

Dor de Ovulação / Mittelschmerz

Se você é como 20% das mulheres, seu corpo enviará um sinal quando estiver ovulando, na forma de uma pontada de dor ou de uma série de cãibras na região abdominal inferior (geralmente localizada em um lado – o lado em que você está ovulando). Chamado mittelschmerz – em alemão significa “dor do meio” – este lembrete mensal da fertilidade é provavelmente o resultado da maturação ou liberação de um óvulo de um ovário. Preste muita atenção, e você pode estar mais propenso a receber a mensagem.

Seus seios são mais sensíveis

Sabe aqueles dias em que você sente seus seios pesados ​​ou doloridos e tudo que você quer fazer é voltar para casa e arrancar seu sutiã? Aquele período sensível do mês em que os seios e mamilos ficam sensíveis é devido a uma corrida de hormônios que entra em seu corpo antes e depois de você ovular, mas, não é um indicador seguro de que você está ovulando, pode ser devido a outras alterações hormonais.

Distúrbios da ovulação.

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.
Como saber seu período fértil? Aprenda agora.
E quando isso não ocorre da forma desejada?


Problemas de ovulação podem ser decorrentes de muitos distúrbios que dificultam a ovulação por exemplo, ovulação muito antes ou tardia, isso pode atrapalhar todo o seu ciclo menstrual.

Ovular cedo demais pode resultar em várias coisas como:

  • O muco cervical pode não ser escorregadio o suficiente para mover o espermatozoide para fertilização
  • O folículo não está maduro o suficiente para ser fertilizado
  • O revestimento endometrial pode não ser capaz de sustentar um óvulo fertilizado

Suspeita-se que fumar, beber muito e estresse são os principais culpados por ovular cedo demais. Felizmente, esses são problemas que podem ser solucionados.

As mulheres podem não ovular todos os meses por vários motivos. Se os seus ciclos costumarem durar mais de 35 dias, é possível que sua ovulação seja inconsistente ou inexistente. Segue alguns desses motivos:

  • Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP)
  • Disfunção hipofisária – Hipófise
  • Insuficiência ovariana prematura
  • Hiperprolactinemia ou excesso de prolactina
  • Anovulação
  • Estresse psicológico

Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP).


A SOP é uma doença que sua causa ainda não é totalmente esclarecida. A hipótese é que ela tenha uma origem genética e pode fazer com que a mulher não ovule (libere um óvulo) isso de modo regular e consistente.

A síndrome do ovário policístico (SOP) é ​​uma condição em mulheres que faz com que seus corpos produzam níveis mais altos de andrógenos, um hormônio masculino.

Devido aos altos níveis de andrógeno, seu corpo enfrenta um desequilíbrio hormonal, que pode atrasar a ovulação ou, em alguns casos, parar completamente.

As mulheres com SOP, também enfrentam um desequilíbrio de insulina devido à resistência à insulina, um sintoma comum da doença.

Entre outras condições que podem fazer com que você não ovule estão: Função tireoidiana baixa (hipotireoidismo) produção alta de prolactina (hiperprolactinemia) e o período que antecede a menopausa (perimenopausa). 


Quando o problema é uma síndrome dos ovários policísticos, exercícios e dieta para perder peso e medidas para reduzir o estresse e melhorar a assertividade podem regularizar o ciclo menstrual


Disfunção hipofisária – Hipófise

Uma glândula do tamanho de um caroço de feijão pode ser um grande empecilho para mulheres que sonham ser mães: é a hipófise, que, entre outras funções, regula hormônios responsáveis pela ovulação.
A hipófise pode produzir muito pouco hormônio luteinizante ou hormônio folículo-estimulante.

Há vários fatores que causam essa disfunção, mas o mais comum é um adenoma, tumor benigno que aumenta a produção de prolactina, atrapalhando os hormônios FSH e LH responsáveis pela ovulação.

  Médicos afirmam que há tratamentos. É possível bloquear a prolactina com remédios e a paciente volta a menstruar e a ovular. Ou ativamos o ovário por medicamentos, com FSH e LH, e a pessoa pode engravidar. Não se esqueça que podemos elevar esses níveis por meio de alimentação orientada.

Em alguns casos, uma cirurgia, disponível na rede pública de saúde, é necessária para retirar o adenoma:

— É uma cirurgia delicada, feita através do nariz e que dura cerca de seis horas. Em 25 dias após a operação, o paciente já pode ter uma vida normal.


Disfunção hipofisária
também atinge os homens


A disfunção hipofisária não é exclusividade das mulheres. E, como a hipófise também é responsável por estimular a testosterona, hormônio que controla o testículo, este problema também pode causar infertilidade neles.
— Nos homens, os sintomas são disfunção erétil e diminuição da libido, além de infertilidade — o tratamento também é remédio ou cirurgia.

Os resultados dos tratamentos variam, as mulheres voltam a ter chance de engravidar após um mês, mas neles pode demorar um pouco mais:
— O tratamento dos homens pode demorar de dois a três meses, já que o estoque de espermatozoides é renovado a cada 60 dias.
Para diagnosticar esta disfunção, o primeiro passo é fazer exames de sangue, que mostram a dosagem dos hormônios. Se comprovado o problema, o paciente deve fazer uma ressonância magnética para descobrir se há ou não adenoma.

Insuficiência ovariana prematura.

A diminuição da função ovariana antes dos 40 anos, isso acontece devido à falta de ovócitos no ovário. Uma perda de ovócitos acompanha a incapacidade do ovário de produzir estrogênio. Portanto, você deve fazer um check-up se não tiver um período menstrual por meses a fio.

Hiperprolactinemia ou excesso de prolactina.

Normalmente, os níveis de prolactina são maiores durante o desenvolvimento da mama na gravidez. Se acontecer o contrário por exemplo, em altos níveis isso pode atrapalhar seu ciclo menstrual, por causa da redução da produção de estrogênio pode causar infertilidade. 

A hiperprolactinemia ocorre por causa de diferentes problemas de saúde, como o hipotireoidismo e resulta em um período inconsistente e irregular. Em outros casos, no entanto, atrasa a ovulação, o que causa ausência de período.

Anovulação

Anovulação significa falta de ovulação ou ausência de ovulação.
Como vimos, ovulação é a liberação de um óvulo do ovário. Isso deve acontecer para conseguir engravidar naturalmente. Se a ovulação é irregular , mas não completamente ausente, isso é chamado de oligo-ovulação.

Tanto a anovulação quanto a oligo-ovulação são tipos de disfunção ovulatória. A disfunção
ovulatória é uma causa comum de infertilidade feminina , ocorrendo em até 40% das mulheres inférteis.

Alguns medicamentos, condições e fatores externos que afetam os níveis hormonais podem
causar anovulação.
Às vezes, uma mulher pode ter um ciclo anovulatório e depois voltar a um ciclo regular. Outra vezes, é um problema crônico.

Estresse psicológico.

O estresse impacta a fase ovulatória do ciclo feminino e servem como alerta de que a saúde psicológica e o bem-estar são tão importantes para a concepção quanto outros fatores de risco, como o fumo, o álcool ou a obesidade.

Isso acontece porque a resposta emocional está ligada à produção de hormônios, que afeta diretamente as funções do corpo. O hipotálamo, região cerebral responsável por orquestrar os processos metabólicos e diversas outras funções autônomas, tenta equilibrar as atividades sexuais e neuronais reagentes ao estresse, fazendo com que os efeitos no corpo se relacionem.

Uma pessoa sob constante irritação tem reações neuroquímicas encarregadas de “blindar” o corpo contra influências externas que poderiam prejudicar o organismo. O cortisol, hormônio secretado em situações estressantes, pode alterar a qualidade ovulatória, os ciclos menstruais e as possibilidades de implantação do embrião recém-formado no útero. Isso pode dificultar a gravidez e aumentar a chance de um aborto. Algumas mulheres deixam até de menstruar.

Quanto tempo dura a Ovulação?

Período Fértil e Ovulação – Guia Absolutamente Completo.
Como saber seu período fértil? Aprenda agora.

Por fim após saber;

  • O que é a ovulação.
  • Como funciona o ciclo menstrual.
  • Como prever a ovulação e saber os dias férteis.
  • Quais os sintomas e os sinais da ovulação.
  • Quais os distúrbios que podem atrapalhar a ovulação.

Afinal, quanto tempo eu tenho para não perder minha “janela de fertilidade”?

O processo ocorre uma vez a cada ciclo menstrual.

Quando o óvulo é liberado, ele deve ser fertilizado por um espermatozoide no máximo em até 12 a 24 horas.

E se isso não ocorre, o óvulo se desfaz e após alguns dias a mulher menstrua.


A “janela de fertilidade” total, levando em consideração a vida útil do espermatozoide que pode permanecer ativo por até 5 dias e do óvulo, é de cerca de 6 dias.

Por isso, reconhecer quando a ovulação acontece é tão importante!

Desta maneira, o casal pode planejar qual é o melhor momento para ter relações sexuais.

Sabe aquela amiga que precisa saber disso hoje! Então não perca tempo compartilhe Agora!

Um forte abraço, até a próxima matéria 🙂