Fertilidade e os produtos Tóxicos! Até onde devo me preocupar?

Você sabia que os produtos químicos aos quais você está submetido hoje podem afetar não apenas sua fertilidade, mas também a capacidade de seus descendentes de ter seus próprios filhos? 

Você certamente não percebeu a magnitude dos efeitos duradouros de alguns produtos químicos tóxicos que estão nos produtos que usamos diariamente. Alguns produtos químicos podem afetar a saúde reprodutiva de homens e mulheres e reduzir sua chance de engravidar.

  • Você está enfrentando dificuldades para engravidar?
  • Alerta – Perigo – Veja onde mora os vilões que sabotam a fertilidade tanto masculina e feminina.
  • Como reduzir sua exposição a produtos químicos tóxicos para ajudar a aumentar a fertilidade.

 Eles ganham acesso ao nosso corpo através da comida, da água, da nossa pele e até do ar que respiramos. Infelizmente, basta uma breve olhada na pesquisa de algumas fontes respeitáveis ​​para concluir os níveis de exposição estamos hoje.

Por exemplo, os produtos químicos deixam meu cabelo limpo e brilhante, mas o que eu não tinha negociado era que meu xampu e condicionador (combinado com outros produtos pessoais, produtos de limpeza e armazenamento de alimentos que eu uso diariamente) fossem potencialmente interferir na capacidade do meu corpo de fazer um bebê.

Qualquer produto químico que possa afetar negativamente o seu sistema endócrino está impactando negativamente o seu sistema reprodutivo.

Esse artigo irá apresentar um problema, que hoje para quem está enfrentando problemas para engravidar com certeza, essas informações podem fazer a diferença em sua vida. Veja essas informações.

Embora a exposição a produtos químicos e metais tóxicos tenha se tornado comum, não é algo que você deva ignorar. 

Fertilidade e os produtos Tóxicos! Até onde devo me preocupar?
Você está enfrentando dificuldade para engravidar?

Explosões nucleares, toneladas de emissões poluentes de fábricas, produtos químicos em frutas e hormônios em nossas carnes; parece que em todos os lugares que você olha, há o potencial de danos vindo de um ambiente que foi abusado duramente.

E o que isso reflete em sua vida.

Estudos mostram que os produtos químicos Desreguladores endócrinos (EDCs) podem reduzir a qualidade dos espermatozoides e óvulos e afetar a chance de uma pessoa engravidar.

Cerca de 95% das pessoas têm desreguladores endócrinos (EDCs) em seus corpos e as pessoas que lutam para conceber têm níveis mais altos de alguns EDCs.

Os EDCs podem causar problemas de fertilidade porque podem imitar ou bloquear hormônios sexuais masculinos e femininos (estrogênio e testosterona).

Isso interfere com o funcionamento reprodutivo normal do corpo e pode causar:

  • mudanças nos níveis hormonais
  • diminuição da qualidade dos espermatozoides e óvulos
  • dano ao DNA (material genético) no esperma
  • ciclos menstruais mais longos, levando mais tempo para engravidar
  • aumento do risco de aborto espontâneo
  • menopausa precoce.

Enquanto todo mundo tem EDCs em seus corpos, pesquisas mostram que pessoas que lutam para conceber têm níveis mais altos de alguns EDCs. 

Sabe-se também que níveis mais altos de alguns EDCs diminuem a chance de gravidez para casais que usam tecnologias de reprodução assistida, como a fertilização in vitro.

Uma matéria na Revista Vogue fala sobre a queda global nas taxas de fertilidade e os motivos consistente em – desde causas ambientais a variáveis econômicas e circunstanciais.

Então, quando se trata de sua fertilidade, como evitar o mal que está no ar que você respira?  Comece reconhecendo as toxinas ambientais às quais você está mais exposto e aprenda a reduzir seus riscos.

Como dissemos as toxinas são prejudiciais ao seu corpo e podem ter efeitos negativos na sua fertilidade. Embora a exposição a toxinas não seja totalmente evitável, você pode se instruir sobre os maiores ofensores e tomar medidas para diminuir sua exposição.

A verdade é que estamos todos expostos a produtos químicos e metais através do ar, água, solo, alimentos e produtos de consumo com os quais entramos em contato todos os dias. 

Tem sido relatado que praticamente todas as mulheres grávidas estão expostas a pelo menos:

  • 73 substâncias químicas diferentes.
  • 700 contaminantes é o que os cientistas estimam que cada pessoa viva hoje carrega pelo menos dentro de seu corpo.
  •  84.000 produtos químicos são adicionados a alimentos e produtos a cada ano.

Os alimentos que você come! Veja onde mora os vilões.

Fertilidade e os produtos Tóxicos! Até onde devo me preocupar?

Pesticidas e hormônios carregam a maior ameaça quando se trata dos alimentos que você come, mas mesmo a superprodução de muitos itens à venda hoje deve levantar algumas bandeiras vermelhas.

Vamos apenas pensar sobre isso logicamente por um momento. Alimentos que foram geneticamente modificados ou bombeados com substâncias químicas e hormônios para aumentar o crescimento ou a produção podem parecer bonitos na loja, mas que riscos eles carregam quando você os ingere? 

Essas substâncias químicas e hormônios podem realmente alterar seu organismo, interferindo em seu sistema reprodutivo e alterando seu próprio equilíbrio hormonal natural.

É por isso que comer alimentos integrais e dietas orgânicas é tão importante. Olhe para os rótulos em alguns dos itens alimentares em sua despensa agora. Com que frequência consegue reconhecer todos os ingredientes listados?

 Quando se trata de qualquer coisa pré-embalada, a resposta provavelmente não é tão frequente. De todos esses ingredientes, o potencial de dano aumenta para cada um desses elementos irreconhecíveis. Mesmo para aqueles que você é capaz de sentar e pesquisar sozinho, há sempre a possibilidade de que estudos ainda não tenham sido realizados para avaliar a segurança.

Mas com itens de alimentos orgânicos comprados de fontes confiáveis, você sabe exatamente o que você está recebendo. Ao contrário do molho de tomate em sache, você pode identificar um tomate inteiro e reconhecer os componentes que entram no molho de tomate que você mesmo faz.

Obviamente, há mais trabalho envolvido em uma dieta de alimentos integrais, e o custo de comer alimentos orgânicos é absolutamente maior. Mas os benefícios gerais para a sua saúde e fertilidade valem a pena. Educar-se quando se trata do que você está colocando em seu corpo. 

Veja essa lista com os 12 itens mais contaminados no mercado:

  • Morango
  • Alface
  • Pepinos
  • Cenoura
  • Abacaxi
  • Pêssegos
  • Beterraba
  • Couve
  • Mamão
  • Maçãs
  • Tomate
  • Pimentão

Então, se você apresenta um ciclo totalmente irregular saiba que seu problema pode estar aqui.

Saber que isso afeta a qualidade do esperma e do óvulo por causa do consumo “por tabela” de produtos químicos dificultando uma concepção de boa qualidade e diminuindo assim sua chance de conceber.

“O que há de errado com produtos químicos usados em minha rotina?

Eles deixam meu cabelo limpo e brilhante e certamente precisamos deles, e os produtos de limpeza para matar bactérias, não é?

Além disso, tenho certeza de que o governo não permitiria que esses produtos fossem vendidos se eles estavam tendo um impacto negativo em nossa saúde, certo?

Então realmente está tudo bem “.

Isso é o que a maioria imagina antes de conhecer a realidade dos produtos químicos.

Como reduzir sua exposição a produtos químicos tóxicos para ajudar a aumentar a fertilidade.

Fertilidade e os produtos Tóxicos! Até onde devo me preocupar?

O que você pode fazer

É impossível evitar completamente os EDCs. Eles estão ao nosso redor.

Mas a boa notícia, especialmente para as pessoas que querem ter filhos e mulheres grávidas, é que você pode dar alguns passos simples para reduzir sua exposição.

Você pode:

  • Leia os rótulos de cosméticos, xampus, condicionadores, colorações de cabelos e produtos para limpeza corporal e escolha produtos que não têm parabenos.
  • Tente evitar o uso de produtos altamente perfumados, sempre que possível, pois eles também contêm produtos químicos.
  • Leia os rótulos dos produtos alimentícios e evite aqueles com aditivos, conservantes e agentes antibacterianos.
  • Esteja ciente dos truques de publicidade. Alguns produtos anunciados como “livre de BPA”, por exemplo, muitas vezes têm produtos químicos de substituição, como BPS, que podem ser tão prejudiciais quanto o BPA.
  • Lavar frutas e legumes para remover pesticidas, fungicidas, herbicidas e outros produtos químicos que possam ter sido pulverizados sobre eles.(Você sabia que existe uma forma correta e eficaz de lavar seus alimentos)
  • Comer menos alimentos processados, enlatados e pré-embalados para evitar que os produtos químicos de EDC de embalagens plásticas, os revestimentos de plástico dentro de latas ou filme plástico passe para os alimentos.
  • Limitar a quantidade de peixes oleosos (salmão, atum, sardinha) e carnes gordurosas que você come com pesticidas, metais pesados ​​e substâncias químicas lipossolúveis podem se acumular nesses animais.(Você conhece a classificação tóxicas dos peixes? Surpreenda mas nem todos são recomendado para o consumo)
  • Beba em garrafas de vidro ou de plástico rígido, em vez de garrafas plásticas macias, pois os produtos químicos EDC tornam os plásticos flexíveis e podem entrar em suas bebidas.(Você sabia que a água tônica é inimiga nº1 da fertilidade?)
  • Produtos químicos EDC podem ser facilmente absorvidos nos alimentos, especialmente se forem gordurosos, então aqueça os alimentos em uma tigela de porcelana ou de vidro e cubra com papel toalha ou um prato em vez de usar recipientes de plástico macio para viagem ou aqueles cobertos com filme plástico ou papel alumínio.
  • Mantenha as janelas abertas para trazer ar fresco para sua casa.
  • Evitar pesticidas e herbicidas no jardim, no trabalho ou em casa. Em vez disso, tente usar ‘produtos químicos caseiros’, que usam agentes não tóxicos para reduzir pragas e ervas daninhas
  • Evite detergentes, desinfetantes para as mãos, produtos de limpeza e produtos de limpeza para carpetes ou produtos químicos fortes, como colas, tintas e vernizes que contenham todos os tipos de produtos químicos. Se você puder, substitua-os por “produtos caseiros” que tenham agentes não tóxicos.

A verdade é que você não pode escapar completamente das toxinas. Mas se você está grávida ou tentando conceber, você deve estar especialmente cauteloso com as toxinas que podem estar entrando em seu corpo. Estar ciente das toxinas e saber como evitá-las pode limitar significativamente o risco de ser afetado por essas ameaças.

Além de evitar essas toxinas, muitos casais que tentam engravidar optam por desintoxicar antes de aumentar seus esforços de pré-concepção, em um esforço para livrar seus corpos de contaminantes ambientais. 

Resumo: Pequenas ações e mudanças em sua rotina diária podem ter um grande impacto:

  • Aumentar suas chances de engravidar.
  • Saber se proteger e também seu futuro bebê.

Como vimos quando os hormônios estão fora de equilíbrio, as chances de criar óvulos saudáveis ​​ou espermatozoides saudáveis ​​são reduzidas.

E não é isso que queremos!

Se você tiver dúvidas ou suas próprias dicas sobre formas de viver sem os produtos químicos, por favor, compartilhe nos comentários abaixo! Nós adoraríamos o seu feedback sobre este importante tópico!

Precisamos de ajuda para diminuir a exposição a substâncias químicas que destroem hormônios e substituir por uma intenção de reduzir drasticamente a exposição sempre que puder .

Eu encorajo você a compartilhar esse artigo com você se importa 🙂

Ahh quero deixar um super presente pra você!!

Olha que show essa máscara facial, feita em casa com carvão ativado e argila bentonita, para extrair toxinas do seu rosto, pescoço e caroços do braço (sim, você pode incluir as axilas também).  

INGREDIENTES

  • 2 colheres de sopa de carvão ativado(encontra na farmácia ou casa de produtos naturais)
  • 4 colheres de sopa de argila bentonita(encontra em casa de produtos naturais)
  • água filtrada

 MÉTODO

Misture as 2 colheres de sopa de carvão ativado e 4 colheres de sopa de argila bentonita juntos em uma tigela. Em seguida, adicione lentamente a água filtrada duas colheres de sopa de cada vez até obter uma consistência de argila.  

Aplique a máscara facial no rosto, no pescoço e nas axilas (por que não experimentar as axilas, é muito divertido) e deixe secar por 10 a 15 minutos. A máscara pode causar uma pequena irritação quando seca, mas você pode tirá-la se parecer muito desconfortável.

Atenção não faça se estiver gravida ok.

Remova a máscara com um pano quente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *